Não faz nenhuma diferença se o homem é circuncidado ou não; o importante é que ele seja uma nova pessoa. [Gálatas 6.15, NTLH]

carro novo velhoJesus não despreza o velho, mas não tem medo do novo. Ele fala de veste velha e de veste nova, de vinho velho e de vinho novo, de odres velhos e de odres novos. Se alguém tirar um pedaço de veste velha para consertar a nova, perderá as duas. Se alguém colocar vinho novo em odres velhos, perderá os dois (Lc 5.36-39).

Na reunião do Cenáculo, Jesus menciona duas coisas novas: a nova aliança por meio do seu sangue (Mt 26.27-28) e o novo mandamento, que é a prática do amor (Jo 13.34).

Por causa de Jesus e do evangelho anunciado por ele, muitas coisas se tornam novas. Há um novo cântico (Ap 5.9), uma nova criatura (2Co 5.17), um novo nome (Ap 2.17), novos céus e nova terra (2Pe 3.13; Ap 21.1), a Nova Jerusalém (Ap 3.12; 21.2) e um novo caminho (Hb 10.20).

Se alguém está em Cristo, é nova criatura, pois, por força da conversão, “as coisas antigas já passaram [e] se fizeram novas” (2Co 5.17). A história acabará com os novos céus e a nova terra!

— Vou me agarrar à nova aliança e ao novo mandamento!

>> Retirado de Refeições Diárias com Jesus. Editora Ultimato.

Anúncios