viagem

 

Cansado da viagem, assentara-se Jesus junto à fonte, por volta da hora sexta (João 4.6).

Se uma viagem de avião, ou uma viagem de diligência, ou uma viagem no lombo de um burro cansam — quanto mais uma viagem a pé! Jesus e seus discípulos saíram a pé da Judeia, ao sul, de manhã cedo, em direção à Galileia, ao norte. Por volta do meio-dia, eles já tinham chegado em Samaria, a província intermediária. Fizeram uma parada junto à fonte de Jacó, no vale que separa o monte Ebal do monte Gerizim, nas proximidades da pequena aldeia de Sicar. O Evangelho Segundo João registra que, enquanto os discípulos foram até Sicar comprar comida, Jesus fez questão de assentar-se junto à fonte e permanecer ali, pois de fato estava “cansado da viagem” (Jo 4.6).

Seria ingênuo supor que esse teria sido o único cansaço físico de Jesus, tendo em vista outras viagens, seus longos discursos e o longo tempo gasto com a cura de dezenas de doentes. Seu maior cansaço, porém, não foi físico, como comprova o seguinte desabafo: “Ó geração incrédula, até quando estarei convosco? Até quando vos sofrerei?” (Mc 9.19).

— Jesus se cansa. Mais uma vez meu Senhor se identifica com a minha humanidade.

>> Retirado de Refeições Diárias com Jesus. Editora Ultimato.

Anúncios