Estamos estudando o Evangelho de Marcos na Comunidade através da série “Investigando o Cristianismo”. Nesta terceira semana o tema é “Pecado: Por que Jesus veio?”.

A mensagem estará disponível ainda nessa semana aqui no blog, mas queria compartilhar apenas o esboço básico da mensagem e alguns insights para reflexão:

Algo está fora do lugar. Algo está errado. Atendado a bombas numa Maratona recentemente; crimes com grau de crueldade e violência sem limite… adolescente morto num assalto por causa de um celular…. dentista assassinada queimada por não ter saldo suficiente para satisfazer aos bandidos em sua conta bancária. Algo está errado com o coração do homem!

Citado na introdução do livro “Ortodoxia”, de G.K. Chesterton:

“Certa vez o jornal London Times pediu a alguns escritores que respondessem à pergunta: “O que há de errado com o mundo?”. Chesterton enviou a resposta mais sucinta: 

Prezados Senhores:

Eu.

Atenciosamente,

G. K. Chesterton

——-x——x——

Blaise Pascal, matemático e filósofo francês — “A religião cristã é a única que reconhece a grandeza e a pequeneza da natureza humana e a razão de ambas. Nenhuma outra religião, a não ser o cristianismo, conhece o homem como a mais excelente das criaturas e, ao mesmo tempo, a mais miserável.”

Dr. Jekyll e Mr. Hyde vão a igreja… poderia ser o tema da mensagem!
 jekyll-livro

O drama que melhor explica o fenômeno da múltipla personalidade é sem dúvida o famoso romance escocês O Estranho Caso do Dr. Jekyll e Mr. Hyde, mais conhecido como O Médico e o Monstro, publicado em 1886. O médico, uma pessoa decente, e o monstro, um maníaco sexual, habitam numa mesma pessoa, que não sabe se é o Dr. Jekyll ou o monstruoso Hyde.

Parece que todos nós temos essa luta interna. Duas personalidades em conflito. Paulo diz em Romanos 7:17 “o pecado […] habita em mim” (Rm 7.17). E no verso 19, “Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo.”  

Philip Yancey, escritor americano — “Há em todos nós traços de inteligência, criatividade e compaixão atrelados com traços de fraude, egoísmo e crueldade.”

John Stott, “Somente depois de contemplarmos claramente quem somos teremos condições de perceber a beleza do que Ele fez por nós e está pronto a nos oferecer.”

 Marcos 7:21-23 – “Pois do interior do coração dos homens vêm os maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os roubos, os homicídios, os adultérios, as cobiças, as maldades, o engano, a devassidão, a inveja, a calúnia, a arrogância e a insensatez. Todos esses males vêm de dentro e tornam o homem ‘impuro’ “. 

Antes de qualquer cura física ou mudanças circunstanciais em sua vida, você precisa entender que a proposta do Evangelho é expor e mudar a raiz do problema do coração do homem – assim como Jesus fez com o paralítico em Marcos 2:1-12, antes de ouvir “levanta-te e anda”, você precisa ouvir a mais poderosa e alvissareira notícia que Jesus pode trazer sobre sua vida: “Seus pecados estão perdoados!”

João 1:29 – “No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.”

“Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me e conhece as minhas inquietações. Vê se em minha conduta algo te ofende e dirige-me pelo caminho eterno” (Sl 139.23-24).

Anúncios