É importante que compreendamos que Jesus não quer que abandonemos nosso mundo multifacetado. Ele deseja que vivamos nele, mas firmemente enraizados no centro de todas as coisas. Jesus não fala em mudança de atividades, em mudança de contatos, nem sequer em mudança de ritmos, mas em mudança de coração. O que conta é ondem colocamos o nosso coração. Jesus nos pede que coloquemos o coração no centro, onde todas as coisas se encaixam no lugar certo.

Que centro é esse? Jesus o denomina Reino de Deus, o Reino do seu Pai. Somente quando compreendermos as palavras de Jesus como um chamado urgente para darmos prioridade à vida do Espírito de Deus é que conseguiremos ver melhor o que está em jogo. Um coração voltado para o Reino do Pai é também um coração voltado para a vida espiritual. Voltar os nossos corações para o Reino significa, portanto, fazer da vida do Espírito, dentro e entre nós, o centro de tudo o que pensamos, dizemos ou fazemos.

[Henri Nouwen, in: Renovando todas as coisas. São Paulo: Cultrix, 1994, pp.33-34]

Anúncios